12 de agosto de 2010

Como ser ágil

Ser Ágil não é apenas falar aqui no projeto eu uso SCRUM, ou XP, ou FDD ou Crystal Clear, DSDM, ASD, KANBAN, etc... etc... etc... eu explico um pouco de cada uma nessa apresentação.
O que acontece em muitos lugares no final é: Esse negócio Ágil não funciona... ou uso SCRUM pero no mucho... ou ainda, é SCRUM mas...
O fato é que a metodologia não faz milagres, vou me reservar a SCRUM e um pouco de XP, apenas para exemplificar coisas que já falo faz tempo... Não só eu como muitos que utilizam tais metodologias a sério.
Bom escolhi SCRUM e agora? Todos sabem que SCRUM tem uma série de etapas, algumas parecem inúteis, mas se fosse realmente inútil não estaria lá, pois de TODAS as metodologias ágeis SCRUM é a mais enxuta.
Como ia dizendo a equipe fala que usará SCRUM, mas não segue a risca, usa um SCRUM But, porque? As desculpas mais comuns, "ah você sabe que temos que adaptar a nossa rotina." ou "Isso que eu uso é que é útil o resto é só perca de tempo.". Bom dai depois de uns 6 meses está tudo atrasado, o projeto não sai e a culpa é da metodologia? Como eu disse num outro artigo, a culpa não é da metodologia e sim da cultura da empresa, assim como as pessoas que a utilizarão.
Não vou repetir isso novamente, hoje "invadi" a conversa alheia do Eduardo Guerra (@emguerra) com o Wanderson Alves(@wandersont) sobre professores que deturpam os conceitos ágeis, realmente a qualidade de ensino está cada vez mais decadentes, pois o dinheiro fala mais alto, mas o bom aluno deve ter na cabeça que tem que ir atrás da verdade e não apenas acreditar no que os outros falam, se fosse assim eu diria para todos: Depositem seu dinheiro na minha conta, isso é o certo, o cara tem que ir atrás.
Dai conversando com ele meu amigo Celso Martins (@celsoavmartins) me falou algo que realmente vejo em diversos lugares, SCRUM VS XP, SCRUM VS FDD, etc etc etc...
Na realidade não queiram comparar SCRUM com XP, são duas metodologias ágeis, porém uma complementa a outra.
Pense que SCRUM seria para você determinar os prazos do projetos ou seja gerenciar apenas o projeto e dentro das iterações do SCRUM você utilizaria XP para qualidade de código, programação em pares e etc.
Assim como vários professores dão ideias erradas, também vejo várias pessoas Xiitas dizendo que SCRUM não presta porque XP é melhor ou o inverso, na realidade, XP, SCRUM, KANBAN e FDD não são rivais, elas se completam onde uma tem a ideia de ser mais geral a outra é mais específica, se SCRUM é para gerenciar projetos, XP auxilia na qualidade de código e Refatoração de coisas mal desenvolvidas, assim como a evolução contínua do código escrito.
Vou falar um pouco do novo projeto e da nova equipe que estou trabalhando, nós utilizamos SCRUM, o Marcelo Ingarano é nosso SCRUM Master, eu e o Lúcio Toledo o SCRUM Team, os projetos estão a todo vapor e dentro do prazo, isso porque pensamos iguais, conhecemos a metodologia e existe 100% de comunicação, utilizamos também práticas de XP em alguns casos, refatoração é contínua, pois muita coisa muda e gambiarra está condenado na equipe, estou muito feliz por trabalhar numa equipe semelhante a da Masterdom com o Christian Reichel, o Thiago Senna, o Adrian Dantas, o Juliano Claiton no qual quase dois anos atrás fiz um post sobre a equipe toda.
As pessoas que trabalham comigo neste novo projeto são iguais, qualificadas, esforçadas e dá gosto de trabalhar com eles.
Mas se um deles fosse Xiita e falasse que XP e SCRUM não tem que ser usados juntos, que não funciona, etc... provavelmente este projeto estaria condenado, como eu disse no artigo sobre a metodologia não ter culpa, a equipe tem que estar focada, ter o mesmo objetivo e comprometimento.
Uma dica para empresas, esqueçam um pouco dinheiro, essa ideia de querer pagar pouco e espremer o funcionário dá nessas coisas como a notícia que vi hoje no G1.

Motive os profissionais, não apenas pagando mais, mas investindo em cursos e aprendizado, se a empresa for boa, pagar bem e fazer seu funcionário feliz ele não vai te abandonar, pelo contrário, ele motivado vai dar mais sangue para a empresa e produzir muito mais, funcionários insatisfeitos com seus empregos só fazem besteira e coisas de qualquer jeito até conseguir outro emprego.
Há ótimas escolas, tais como a Caelum do Paulo Silveira(@paulo_caelum), a GlobalCode da Yara Senger(@yarasenger), são ótimas escolas na qual seus profissionais estarão bem encaminhados para auxiliar sua empresa, investindo no funcionário ele estará cada vez mais qualificado para trabalhar para você e por consequência de bons serviços virão mais clientes e mais dinheiro para você e para sua equipe.
Para o profissional, não desista, mantenha-se antenado no mundo, estude, sua empresa não investe em você, pague você mesmo os cursos, se aprimore, compre livros e vá para um lugar que você se sinta bem, sua qualidade de vida com toda certeza aumentará, muitas vezes o salário também ;)

Concluindo esse post, basicamente eu quis dizer que: Não acredite em tudo que falam, estudem, se aprimorem e experimente, seja uma nova metodologia, um novo framework, uma nova linguagem de programação, conheça antes de criticar, utilize-a antes de desistir e depois você dará sua opinião.

Fica a dica principalmente para os universitários LiveMocha, não tem grana pra cursos de Java, diversas apostilas podem ser encontradas no site da Caelum, mini cursos grátis na GlobalCode e participe do GUJ e do JEDI, dos eventos de programação e encontros NETWORKING é TUDO, leia, baixe os artigos, quer ver as novas linguagens?Se você não programa é uma boa hora pra começar, se você já programa aprenda outras linguagens para se tornar um programador melhor, as comunidades e fóruns são grátis, Grupo de Ruby on Rails em SP ou o InfoQ.
Vá atrás, com certeza você não se arrependerá.

O que NÃO deve ter como Motivação: Dinheiro, pois isso é consequência de um bom trabalho, quanto melhor você é, mais ganhará =)

E desculpem pela demora de um post, provavelmente falarei de novo de JSF, Refatoração pois voltei a trabalhar com coisas mais novas ;) 

6 comentários:

Celso Martins disse...

Grande Bregaida.

Muitos bons pensamentos. Também acredito que estas metodologias se completam e, como qualquer outra briga - como Java x .NET, Windows x Linux - esta também é uma bobagem e agrega absolutamente nada.
Concordo, também, com a questão do dinheiro. Também penso que ele consequencia. Mas isso, de mim, já era de se esperar, pois já estigmatizado como idealista por todos os lugares onde ando. =)

Abraços.

Marcelo disse...

Bregaida,

Obrigado pelas referências e elogios. Também compartilho da sua opinião, não há nada melhor do que conhecer para poder questionar/criticar/agregar. O segredo está em adaptarmos esse extenso manifesto ágil a realidade de cada projeto e cliente. Não somos robôs e não podemos agir como tal, cada um de nós deve encontrar o caminho correto apoiado nas diversas metodologias, tecnologias e etc...

Abss..

Lucio - Datena disse...

Grande Bregaida (ou melhor Borginho, rs)

Agradeço os elogios. Equipe entrosada e com o mesmo foco é de extrema importância para o sucesso de qualquer projeto. Que continuemos assim!!

Abrss...

Paulo Silveira disse...

realmente é fundamental a busca constante por conhecimento, e todos os caminhos e opcoes são válidos.!

abracos bregaida!

Gabriel Rubens disse...

Muito legal, principalmente essa parte: "Não acredite em tudo que falam, estudem, se aprimorem e experimente, seja uma nova metodologia, um novo framework, uma nova linguagem de programação, conheça antes de criticar, utilize-a antes de desistir e depois você dará sua opinião."

Isso vale muito pra quem ainda está na faculdade.

Eduardo Bregaida disse...

Fico grato pelas visitas e comentários, Gabriel, não somente estudantes, tem muito cara ruim que não gosta de estudar e dá esse tipo de desculpa, fala que não presta antes de saber o que é.