26 de agosto de 2008

Maus Profissionais de TI

Pessoal aí vai uma dica, como confio em alguém que diz que Java é orientado a pacotes (package)?
Um curso que vi em uma instituição me fez pensar seriamente se as universidades querem formar profissionais qualificados ou apenas pegar dinheiro dos pobres alunos que pagam cursos para tentarem aprender.
Uma instituição séria para cursos de verão é a USP e a FIAP (no meu conhecimento), porém muitas outras deixam a desejar.
O fato é que um cara que diz ter anos de experiência na área de informática fala só besteiras para um monte de aluno que está ali querendo aprender é realmente lamentável...
Certificação? Bom é sempre bom ter uma, tenho a minha da IBM, estou para tirar as outras, mas com 4 anos de experiência a certificação tiro pela minha satisfação pessoal e não mais para provar para as empresas que tenho conhecimento da linguagem em questão, hoje em dia muitos bons programadores não tem certificação, assim como muitos certificados (que decoraram livrinhos) não sabem se virar no dia a dia, assim como também há aqueles que estudam, tiram e são exemplos de programadores, ou seja, é trivial, lógico que é um diferencial em entrevistas, principalmente no início de carreira, mas é no dia a dia que veremos se o cara é bom, cursos? sim tenho muitos caro instrutor, é ótimo estar sempre estudando e se atualizando, é realmente uma pena saber que uma instituição que tem como professor um cara tão ruim ganhando e enganando pessoas inocentes e vir criticar os outros, falar de certificação, sendo que ele nem sabe o que é isso...
Pessoal procurem saber quem é o seu instrutor, coloque no GUJ e pesquise, participe de fóruns, não seja enganado por qualquer pilantra.

5 comentários:

lidianycs disse...

Em TI o que não falta é gente "dando migué" por aí...
Mtos tem apenas um canudo de 10 anos atrás (e olhe lá...) e acham que são experts em tudo,principalmente em Java!

helder "hmbr" ribas disse...

Infelizmente o ensino virou negócio e um bom instrutor sabe o seu valor, apenas as escolas sérias tem coragem de cobrar um valor que permita manter um bom instrutor sem onerar o aluno. E alunos que queiram pagar o preço de um bom ensino são essenciais.

Leonardo disse...

Infelizmente essas coisas estão no nosso cotidiano mesmo. eu tenho vários exemplos disso, afinal sou estudante ainda...
o q acontece nos instituições de ensino é que as escolas/faculdades pagam pouco e querem um ensino ótimo, o que se torna quase impossivel.

Diego Plentz disse...

É importante sempre dar uma olhada no histórico da empresa que você está tentando buscar formação, seja curso, faculdade, whatever. E isso inclui seus profissionais ;-)

Arthur Gomes disse...

Como diria o meu amigo Fabio Kung(instrutor da Caelum), a faculdade nos dá a formação. A informação...infelizmente precisamos buscar fora. Não deveria ser assim. Mas é como funciona pelo menos aqui em SP. Salvo exceção da FIAP e dos cursos de Verão na USP.